Porque ouro?

Ouro

Dia 6

Ouro, vulgo Au na tabela periódica, é um metal conhecido e usado há milhares de anos como moeda para representar riqueza e facilitar as trocas de bens e serviços. A primeira notícia que se tem de moedas de ouro datam por volta do ano 600 A.C., encontradas na Ásia.

Ao longo da história da humanidade, o Ouro foi usado como moeda, e ainda hoje é o metal mais valorizado (mesmo que não tenho o maior valor por grama). Mas você já parou pra pensar o porque ele foi escolhido? Com tantos metais possíveis, porque o Ouro?

Não é pela beleza
Beleza é algo subjetivo e por isso não é possível dizer que o Ouro é mais bonito que a Prata ou o Bronze, por exemplo.
Não é por suas propriedades como condutor
Essa é meio óbvia. Usar ouro em dispositivos elétricos é tão recente que nem tem como levar em consideração quando avaliamos milhares de anos de história.

A reposta é simples: A conveniência levou o Ouro a ser escolhido o representante máximo [1] do dinheiro ao longo da história da humanidade. Pois é, o ouro, provavelmente não foi escolhido, mas é o melhor candidato por pura eliminação.

Se tivéssemos que adivinhar, qual elemento faria mais sentido ser utilizado ao longo da história como moeda?

De todos os elementos da tabela periódica é fácil eliminar os elementos:

  1. Que são gás
  2. Que não reagem e corroem com facilidade em contato com o ar e outros elementos
  3. Que não te mata ao entrar em contato com ele
  4. Seja razoavelmente maleável

Baseado nesses pontos, a lista de possíveis candidatos da tabela periódica é reduzida a 30 elementos.

Dos elementos que sobraram, precisamos de um elemento que seja raro, já que elementos abundantes são péssimos representantes de moeda. Mas ao mesmo tempo não pode ser muito raro, já que isso também seria problemático.

Ósmio, por exemplo, só é possível achar na terra trazido por meteoritos.

O que nos deixa com 5 elementos prováveis: Ródio, Paládio, Platina, Prata e Ouro.

Ródio e Paládio não eram conhecidos até por volta de 1.800 D.C..

Platina tem ponto de fusão 1.768 graus célsius, contra 1.064 do ouro e 961.8 da prata.

Nesse ponto fica óbvio entender porque o Ouro foi usado ao longo da história como moedas e até hoje é conhecido como a forma mais segura de representar o dinheiro [1].

A prata também foi usada como moeda e ainda é usada para representar riqueza.

E pro caso de alguém ainda achar que o dinheiro de papel usado hoje em dia tem lastro em Ouro, sinto informar, mas isso deixou de ser verdade desde 1971.

Curiosidades sobre todo o ouro já minerado no mundo:

  • Daria para encher 3.42 piscinas olímpicas
  • Tem o valor aproximado de 7 trilhões de dólares
  • 52% é usado em joalheria, 34% como investimento e 12% na indústria
  • China é o maior produtor de ouro do mundo, seguido por Estados Unidos e Austrália. Brasil é o 13º maior.
  • Entre 2002 e 2017, os únicos anos que o Ouro teve uma valorização negativa foram em 2013 (-28.3%), 2014 (-1.5%) e 2015 (-10.4%). Dando uma média de 11.2% de valorização por ano, nos últimos 15 anos.

Até amanhã!

[1](1, 2) Até a chegada do Bitcoin! :-)


Written by Eduardo Elias in 100posts on Tuesday, 15 de August de 2017 às 12:18. Tags: 100posts,

Comments

comments powered by Disqus