Carpe Diem: qual o seu?

"Carpe Diem é uma frase em latim de um poema de Horácio, e é popularmente traduzida para 'colha o dia' ou 'aproveite o momento'."

Quantas vezes eu não escutei frases do tipo: "Estou aproveitando a vida", "Você tem que aproveitar a vida", "Você não sabe o que é aproveitar a vida".

"Aproveitar a vida". Porque todo mundo que usa essa expressão, sempre usa como se fosse um conceito absoluto? Como se só existisse uma maneira de aproveitar a vida.

Ou você age dessa maneira, faz certas coisas, ou está jogando sua vida fora. Não está "aproveitando a vida".

Sempre que escuto esse "aproveitar a vida" me parece estar ligado ao exagero. Beber todas. Ser varrido da festa de casamento/formatura ainda com um copo de bebida na mão, passando mal de tanto que bebeu.

O detalhe aqui é que as pessoas que "aproveitam a vida" no exagero, parecem faze-lo simplesmente para terem uma história para contar. Se você chega segunda-feira no trabalho e perguntam como foi o seu final de semana, é preciso ter algo pra contar para poder sentir que foi bem aproveitado.

Dois exemplos:

Sai na sexta. Bebi todas. Fui na boate tal, mas não tava muito bom. Umas 2h fomos pra outra. Tava melhor, mas resolvemos ir pra outra e ficamos lá até as 6h. No sábado eu acordei umas 2h da tarde. Dai fui com uns amigos pra um bar tomar umas. Ficamos até as 20h. Fui em casa tomei banho. E fomos sair com umas amigas pra uma balada. Cheguei em casa lá pras 5h. Domingo rolou um churrasco de leve na casa de um amigo. Ficamos bebendo até umas 9h da noite.

Outro caso:

Fui dormir cedo na sexta. Acordei umas 8h no sábado. Li um livro, mas fiquei a maioria do tempo de bobeira. Nem sai no sábado, dormi cedo. Domingo, acordei cedo, umas 9h, fiquei a maior parte do tempo jogando: PS3 .

Quem "aproveitou a vida"?

A princípio, os dois.

Aproveitar a vida não está ligado apenas ao que você faz. Mas se o que você o deixa feliz. Está "gastando" o tempo fazendo algo que te agrada, que te deixa feliz? Parabéns, está aproveitando a vida! :)

Apesar de achar que qualquer tipo de exagero deveria ser evitado. Também acho priorizar o que da prazer a nós mesmos é o que todos nós deveríamos escolher.

É beber que te deixa feliz. Beba.

É passar o final de semana deitado na cama? Fica de barriga pra cima.

É passar o final de semana programando? _o/

Passar as férias numa praia hein? Sol, areia, cervejinha gelada. Isso que é vida, hein?! PRA QUEM?! Não para mim. A diferença é essa. O que pra uns pode parecer o sonho de consumo, para outros pode ser uma sessão interminável de tortura!

Quem são os outros para dizer o que é aproveitar a (nossa) vida.

Faça o que te deixe feliz, que te satisfaça e não aquilo que é tido e havido como a melhor maneira de aproveitar a vida.


Posts relacionados a esse:


Written by Eduardo Elias in Pensando on segunda, 12 de dezembro de 2011 às 15:14. Tags: Escolhas,

Comments

comments powered by Disqus