“Está faltando homem no mercado”

Quero deixar claro que concordo com a ideia da frase, só acho que a palavra usada está incorreta. Não é que está faltando homem no mercado. Está faltando pessoas interessantes no mercado. Não sei porque as mulheres acham que só elas passam por problema em achar pessoas interessantes, pessoas que valham a pena.

Male

Qualquer homem, qualquer mulher, existe aos montes. Ninguém pode reclamar disso. Nem as mulheres. Mas, pessoas interessantes, estão, e muito, complicadas de encontrar.

Elas (as pessoas interessantes) não saem, porque não tem paciência para lugares CHEIOS de pessoas desinteressantes. Mesmo papo, mesmo comportamento, muita superficialidade.

As que resolvem se aventurar, acabam sendo seletivas demais, pois já vão na expectativa de que no lugar só irá encontrar pessoas desinteressantes.

No caso dos rapazes, como conseguir ser diferente? Como se aproximar sem parecer ser mais um. Aqueles primeiros minutos da aproximação são padrões demais numa balada. E mesmo que ele consiga ser diferente, pode ser que ele descubra que está gastando o tempo com uma garota desinteressante, e terá que começar tudo de novo.

No caso das garotas, como saber que o cara que está se aproximando não é mais um daqueles tantos? Será que vale a pena pagar pra ver? Depois de várias tentativas decepcionantes, elas começam a pensar que não vale mais a pena dar chance e se fecham. "Só vim pra dançar hoje..."

Esses dois tipos que tentam, são a minoria. São os que em algum momento sentem que devem tentar alguma coisa. Tentam e, em sua maioria, voltam do mesmo jeito. Nem vou entrar no mérito se deve-se tentar ou não.

Bom, o motivo que me faz pensar que é tão complicado achar alguém interessante no mercado é que as pessoas interessantes estão em casa. Indo trabalhar, estudar e voltando pra casa no fim do dia. Sem a menor paciência de receber as cantadas prontas ou de ter que se esforçar para parecer diferente do resto.

Como encontra-las? Churrascos de amigos. Festas de aniversários. Você os encontra através de amigos interessantes. Pessoas interessantes estão conectadas, pelo menos em parte, a pessoas interessantes. Meio no estilo de "diga-me com quem andas..."

Como se o número de possibilidades de encontrar alguém já não fosse diminuto por tudo que descrevi, ainda quando se acha alguém, ela ainda tem que se adequar a uns quesitos mínimos que nós tempos para iniciar um relacionamento.

O conceito de pessoa interessante é de cada um, e não é novidade que é difícil achar essas pessoas. Mesmo com tudo isso, eu não consigo procurar nos lugares "errados". Essas tentativas, muitas vezes, frustradas, torna a coisa mais difícil ainda. Não quero acabar cansado e desiludido. Por isso prefiro esperar, ficar de olhos abertos e continuar sem me desgastar. O que quero evitar com isso é acabar agindo como as pessoas que já se decepcionaram tanto por procurarem nos lugares errados e apostarem nas pessoas erradas que acabaram desistindo, terminando com o que aparecer, o menos pior. Eu acho que é por isso que, algumas vezes, eu me deparo com casais onde uma pessoa interessante está com outra não tão interessante assim.

A internet ajuda. "Fuçar" o orkut/facebook daquele(a) amigo(a) que eu acho interessante é um passo. Tentar reduzir as possibilidades e então tentar. Esse método não é infalível. Longe disso. Mas já ajuda.

A dúvida sempre vai prevalecer. "Será que esse(a) fulano(a) vale a pena?" A gente vai tentando...



Written by Eduardo Elias in Pensando on Wednesday, 29 de December de 2010 às 14:56. Tags: Pessoas Interessantes,

Comments

comments powered by Disqus